Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ATUALIZAÇÕES:
CENÁRIO IMOBILIÁRIO  (28-03-2019)
ECONOMIA:  (21-03-2019)
INÍCIO:  (21-03-2019)
POLICIA:  (28-02-2019)
FUTEBOL AMADOR:  (21-02-2019)
MUNDO CRISTÃO:  (21-02-2019)
JUSTIÇA  (15-02-2019)
BRASÍLIA:  (13-02-2019)
TRABALHO E EMPREGO:  (13-02-2019)
ESPORTES:  (11-02-2019)
ENQUETE:
O Novo Congresso melhorá a vida do Nordestino?
Espero que Sim
Não Acredito
Será Continuísmo
Nenhuma
Ver Resultados

ONLINE
1




Partilhe esta Página



WEB RÁDIO UNIÃO DIVINA:

POR AQUI, VOCÊ OUVE: 

"Lindos Louvores, Excelentes mensagens  e

Ler o Jornalismo das Grandes

Agências de Notícias. 

PARA OUVIR CLIQUE NO PLAY:

 

OU ACESSO AO SITE: 

   http://radiouniaodivina.com/ 

 


 

 


 

CONECTIVIDADE PARA TODAS AS NECESSIDADES:

Conecte todos seus equipamentos

através das 6 portas USBs de alta velocidade.

Sem falar nas entradas HDMI e VGA,

perfeitas para conectar um monitor

e a uma TV ao mesmo simultaneamente.

COMO COMPRAR:

 http://acesse.vc/v2/2357d8d417  

 


RESOLUÇÃO DE IMAGEM QUE IMPRESSIONA. 
 Desfrute de filmes e séries em uma tela de 11,6” IPS multi toque com incrível resolução de 1366 x 768 (HD). Você enxerga cores mais vivas e mais nítidas em um ângulo maior de visão.
CONDIÇÕES GERAIS NO LINK:

 


 

 

 


 

APRENDA A CANTAR COM:

 


 


CEARÁ:
CEARÁ:

 

 


ECONOMIA:

CEARÁ TEM MELHOR RESULTADO DOS ÚLTIMOS TRÊS ANOS NAS EXPORTAÇÕES DE CONFECÇÃO: 

 

OS PRINCIPAIS DESTINOS SÃO PARAGUAI E BOLÍVIA, PRINCIPALMENTE PELA REALIDADE FRONTEIRIÇA

 

O Ceará é o 6° estado brasileiro em exportações no setor de confecções. O total acumulado em 2018 chegou a US$ 4,17 milhões, o que significa um crescimento de 2,5% em relação a 2017, o montante é o melhor resultado desde 2014. No mesmo intervalo de tempo, as importações obtiveram um salto ainda maior.     

Os números fazem parte do estudo setorial de confecções do Ceará em Comex, elaborado pelo Centro Internacional de Negócios da FIEC. Com crescimento de 37,4%, quando comparado a 2017, as aquisições internacionais do estado no setor chegaram a US$ US$ 11,5 milhões só no ano passado.

 

O montante alcançado pelos sutiãs representa 25% das exportações cearenses no setor. — Foto: Federação das Indústrias do Ceará

Artigos mais vendidos

Os artigos mais vendidos ao exterior pelo estado no setor foram os sutiãs e bustiês, com um total de US$ 1,06 milhões, segundo maior valor do país para o produto. O montante alcançado pelos sutiãs representa 25% das exportações cearenses no setor. Os principais destinos são Paraguai e Bolívia, principalmente pela realidade fronteiriça, visto que as exportações do segmento são, em sua maioria, via modal rodoviário. Juntos, os dois países compreendem 57,5% das vendas internacionais do estado, totalizando US$ 2,4 milhões.

O grupo de produtos que compreende as calças e shorts masculinos foi o mais importado pelo estado cearense no período analisado, com US$ 1,42 milhões. Logo em seguida estão os trapos e desperdícios, com US$ 1,19 milhões. Os sutiãs e bustiês reaparecem como o 3° item mais importado, com total de US$ 1,18 milhões.      

O grupo de sutiãs detém ainda o 2° maior crescimento entre os artigos importados, tendo aumentado em 96,4% em compras pelo estado. A China vendeu ao Ceará US$ 7,41 milhões, valor que cresceu 47,9% entre 2018 e 2017. O segundo, Bangladesh, forneceu US$ 1,9 milhões.

FONTE: G1-Ce - 03/02/09h16min. 

TNF: Domingo, 03/02/19 - 20h55min.

 




 

 SEGURANÇA PUBLICA:

40 PESSOAS SÃO CAPTURADAS NA SEGUNDA FASE DA OPERAÇÃO CONTRA-ATAQUE NA CAPITAL E RMF:

As ações da segunda fase da Operação Contra-ataque resultaram em mais 40 suspeitos capturados, incluindo maiores presos e menores apreendidos. Os dados da ofensiva compreendem o período das 16 horas da sexta-feira (1) às 3 horas deste sábado (2), em Fortaleza e Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A operação deflagrada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE) e suas vinculadas – Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) – contou com a atuação do efetivo da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) e órgãos municipais e federais parceiros – Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante toda a sexta-feira e o início da madrugada de hoje não foi registrado nenhum Crime Violento Letal e Intencional (CVLI), nos municípios onde o efetivo atuou.

IMAGEM: Publicação da SSPDS

Mais de 3.600 agentes de segurança, trânsito e fiscalização, centenas de viaturas, duas aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS e um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) atuaram de forma integrada no combate à criminalidade, realizando cercos, ações de saturação, cumprimento de mandados e barreiras de fiscalização. Os agentes penitenciários atuaram na busca de foragidos e conferindo a localização de apenados que usam tornozeleiras eletrônicas. Enquanto policiais militares e demais parceiros realizavam saturações pelas principais vias da Capital e RMF, a Polícia Civil realizou ações focadas no cumprimento de mandados de prisão em Fortaleza e nos municípios de Caucaia, Maracanaú, Maranguape e Pacatuba, todos na RMF. Ao todo, foram cumpridos 14 mandados de prisão que estavam em aberto contra pessoas que respondem por crimes diversos. Além disso, representantes de todas as forças acompanharam as ocorrências em tempo real no Centro de Comando e Controle Regional (CICCR), que funciona na sede da SSPDS, em Fortaleza.

IMAGEM: Publicação da SSPDS

O secretário André Costa comentou sobre as ações do efetivo durante a operação e destacou o apoio da população aos agentes da segurança pública. “Todo nosso esforço nessa operação teve a finalidade de trabalhar forte fiscalizando tornozelados, cumprindo mandados de prisão, saturando toda a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) para que a gente possa conseguir tanto exercer um controle maior sobre os criminosos que tentam assustar a população como manter efetivo grande para garantir proteção ao cidadão de bem. Estamos conseguindo conquistar o apoio e a credibilidade das pessoas, porque elas estão vendo o empenho, a dedicação e a doação dos nossos profissionais da segurança pública têm feito em prol delas.”

IMAGEM: Publicação da SSPDS

Fase I

Além de 42 suspeitos capturados, nos dias 25 e 26 últimos, o balanço da primeira fase da Operação Contra-ataque resultou na apreensão de 11 armas de fogo e 4,36 kg de drogas. Apenas oito furtos foram registrados, o que representou uma redução de 80% se comparado o mesmo período da semana retrasada, e oito roubos, uma redução de 79,5% frente ao registrado na noite de sexta e parte da madrugada do sábado da semana anterior a fase um da operação, foram registrados em Fortaleza e na Região Metropolitana, durante esse intervalo de tempo.

Na ocasião, cerca de 5.787 agentes de segurança e de órgãos parceiros participaram da ofensiva, sendo 4.020 da Polícia Militar, 206 bombeiros militares, 570 policiais civis, quatro peritos forenses, 152 agentes penitenciários, 262 policiais rodoviários federais, 120 guardas municipais de Fortaleza, 39 profissionais da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciopaer) da SSPDS, 406 policiais da Força Nacional, oito fiscais da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).

FONTE: Portal do Governo - SSSDS 

TNF: Domingo, 03/02/18 - 21h11 

 




 

IPECE acaba de publicar o Painel de Indicadores Sociais e Econômicos:

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado, acaba de publicar o Painel de Indicadores Sociais e Econômicos: os 10 Maiores e os 10 Menores Municípios Cearenses – 2018, que possibilita uma avaliação dos maiores municípios nas questões sociais e econômicas. O trabalho apresenta, de forma objetiva e sucinta, um comparativo do desempenho dos municípios em relação a indicadores socioeconômicos das áreas de demografia, saúde, educação, economia, emprego, saneamento, energia elétrica e previdência social.

Elaborado pelo analista de Políticas Públicas Cleyber Nascimento de Medeiros e por Fátima Juvenal de Sousa, Kathiuscia Alves de Lima e Jáder Ribeiro Lima, o trabalho mostra, por exemplo, que Fortaleza, Maracanaú, Caucaia, Sobral, Juazeiro do Norte, Eusébio, São Gonçalo do Amarante, Aquiraz, Crato e Iguatu são os municípios têm os maiores PIBs (Produto Interno Bruto) do Ceará (ano 2015). Os menores (ordem decrescente) são Ererê, General Sampaio; Pires Ferreira; Altaneira; Potiretama; Umari; Senador Sá; Pacujá; Baixio e Granjeiro.

As colocações dos maiores e menores são diferentes quando se trata do PIB per capita. Nesse caso, Eusébio ocupa a primeira colocação, com R$ 53.213,00, seguido por São Gonçalo do Amarante, com R$ 39.143,00 e Maracanaú, com R$ 35.635,00. Depois vem Aquiraz, Fortaleza, Horizonte; Sobral; Quixeré; Caucaia e Aracati. Pires Ferreira tem o menor PIB per capita do Ceará, com R$ 4.147,00, seguindo por Catarina, com R$ 4.899,00, e Caridade, com R$ 5.145,00.  Os demais são Alcântaras; Choró; Tejuçuoca; Graça; Miraíma; Meruoca e Poranga.

Dentre as muitas informações contidas no trabalho está a que trata de emprego formal. Os dez maiores município no número de empregos formais são: Fortaleza, Maracanaú, Juazeiro do Norte; Sobral; Eusébio; Caucaia; Crato; Horizonte; Aquiraz e Iguatu. Os menores são Granjeiro, com apenas 46, Pires Ferreira, Umari, Pacujá, Senador Sá, Tarrafas, Baixio, Deputado Irapuan Pinheiro, São João do Jaguaribe e Itaiçaba.

Clique aqui para acessar Painel de Indicadores Sociais e Econômicos: Os 10 maiores e os 10 menores municípios cearenses – 2018.

FONTE: Portal do Governo do Ceará - 22/11/18

Assessoria de Comunicação do IPECE

TNF-Sábado, 24/11/18 - 21h51min.

 




 

SEPLAG, IPECE e Banco Mundial realizam evento para debater ações do Governo do Estado a partir da implementação do PfoR:

20 DE NOVEMBRO DE 2018 - 10h44min.

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado, em parceria com o Banco Mundial, realiza, de 26 a 30 de novembro, no Centro de Eventos do Ceará (Pavilhão Oeste – Mezanino 2 – Salas 01 e 02), em Fortaleza, a semana de workshops PfoR Ceará: Aprendizados e Novos Desafios, que é formado por cinco grandes seminários. O objetivo do evento é debater as diversas ações que o Governo do Ceará vem adotando a partir da implementação do Projeto de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Estado do Ceará (PforR). Confira, abaixo, toda a programação do PfoR Ceará: Aprendizados e Novos Desafios.

Dentre os muitos participantes – local, nacional e internacional – do evento estão Camilo Santana, governador do Ceará; Martin Raiser, diretor do Banco Mundial para o Brasil; Maia Júnior, secretário de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado; Francisco Teixeira, secretário dos Recursos Hídricos do Ceará; Flávio Ataliba, diretor Geral do Ipece; Cláudio Considera, economista do Ibre/FGV; Karina Bugarin, pesquisadora do Centro de Política e Economia do setor Público (FGV/Cepesp); Cecília Battistutti, secretária de Desenvolvimento Social da Cidade de Santa Fé (Argentina) e  Patrícia Diaz Dominguez, subdiretora de Gestão de Programas do Fundo de Solidariedade e Inversão Social (Fosis) do Governo do Chile.

Também participam do PfoR Ceará Pedro Olinto, coordenador Setorial de Desenvolvimento Humano e Pobreza do Banco Mundial; Robyn Eversole, vice-diretora do Centro de Impacto Social (Swinburne University, Austrália); Heinrich von Baer, presidente nacional da Fundação Chile Descentralizado; Tarcísio Pequeno, presidente da Funcap, e Federico Estrada Lorenzo, do Centro de Estudos e Experimentação de Obras Públicas da Espanha, além de diretores, analistas de políticas públicas e técnicos do Ipece e muitos outros convidados. O ex-ministro da Fazenda, Ciro Gomes, é o palestrante do encerramento do workshops, dia 30, com a palestra “Perspectiva para a Economia Brasileira nos Próximos Anos e seus Reflexos no Ceará”, com comentários de Fernando de Holanda Barbosa, professor da EPGE/FGV, e Aod Cunha de Moraes Júnior, economista, ex-secretário de Estado da fazenda do Rio Grande do Sul.

O primeiro dia do evento (26/11), com o workshop Pioneirismo do PfoR Ceará – Lições Aprendidas para a Gestão por Resultados, é formado por seis mesas: PfoR Ceará; Eixo Redução da Pobreza; Eixo Crescimento Econômico; Apresentação dos Produtos do Ipece no âmbito do PfoR; Eixo Gestão Pública e Eixo Sustentabilidade Ambiental. O segundo dia (27) – com o tema Experiências de Políticas Públicas de Superação da Pobreza – por duas mesas: Experiências Nacionais e Experiências Internacionais. No dia 28, com o tema Novos Desafios para o Aumento da Produtividade e Competitividade Regional – também são duas mesas: Dinâmica da Produtividade Regional no Brasil e Novas Instituições para o Desenvolvimento Territorial: Experiências Internacionais. Três mesas compõem o dia 20/11, que tem como tema Perspectivas Contemporâneas para a Melhoria da Eficiência na Gestão Pública,  Novos Projetos na Gestão Pública do Ceará; Planejamento de Longo Prazo e Desafios na Gestão Fiscal. No último dia, workshops: Gestão de Recursos Hídricos e Qualidade de Água, com duas mesas: Experiências Nacionais e Experiências Internacionais.

PforR CEARÁ

O estado do Ceará contratou, em 19/12/13, uma operação de crédito com o Banco Mundial, no valor de US$350 milhões, tendo como base o foco em resultados, para apoiar o Projeto de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Estado do Ceará – Programa para Resultados (PforR Ceará) . O objetivo do Projeto é garantir a continuidade dos investimentos em áreas estratégicas do Estado, programados no PPA 2012 – 2015, de forma a promover um crescimento econômico que privilegie a inclusão social e seja ambientalmente sustentável.

O objetivo já foi, em parte, financiado pelo BIRD nos Projetos SWAp I (2005 – 2007) e SWAp II (2009 – 2012), cujo foco foi o apoio à Inclusão Social e o Crescimento Econômico. A proposta do Projeto PforR Ceará é continuar avançando nos principais indicadores sociais do SWAp I e II, para consolidar conquistas já alcançadas pelo Estado, incorporando, ao mesmo tempo, a preocupação do Governo do Estado do Ceará com o meio ambiente e com a redução das desigualdades socioeconômicas.

O escopo do PforR Ceará tem o foco no fortalecimento da gestão pública nas áreas de Capacitação Profissional, Assistência à Família e Qualidade da Água e os detalhes do mesmo estão descritos nos seguintes documentos: Documento de Avaliação do Programa (Program Apraisal Document – PAD), Acordo de Empréstimo, Acordo de Garantia Carta de Desembolso. A lógica é que o apoio financeiro do PforR ao Ceará se justifique através dos benefícios alcançados em prol dos cidadãos cearenses, além da possibilidade de monitoramento e avaliação, pelo próprio Governo e pela sociedade.

Acesse a Programação e as Inscrições aqui   http://agenda.ipece.ce.gov.br/pforr/

TNF: Sábado, 24/11/18 - 21h56min.

 




 

PISTOLEIRO CONFESSA SER CONTRATADO POR FACÇÃO PARA MATAR EM FORTALEZA:

 

O suspeito foi preso com uma pistola e um carro com placas clonadas.

CRÉDITOS: Blog do Jornalista fernando Ribeiro

Há uma semana, o pistoleiro matou este homem no bairro Monte Castelo

CRÉDITOS: Blog do Jornalista Fernando Ribeiro

Policiais militares do Batalhão de Policia de Choque (BPChoque) capturaram em Fortaleza, nesta segunda-feira (15), um pistoleiro paraibano que havia sido contratado por uma facção local para matar desafetos da organização criminosa. Em menos de uma semana de sua estada na Capital cearense, o bandido matou um homem e já planejava outros assassinatos para os próximos dias.

O pistoleiro foi identificado como José Heverton Alves, natural de João Pessoa (PB). Segundo ele, na manhã do último 9 (terça-feira), praticou o primeiro crime em Fortaleza, quando perseguiu e executou com vários tiros de pistola um homem identificado por Fernando Cipriano Júnior, o “Vampirinho”. O crime ocorreu na calçada de uma residência na Rua Raquel Holanda, no bairro Monte Castelo, zona Oeste da cidade. O crime teria sido “encomendado” pela facção.

O suspeito foi detido por uma patrulha do Comando Tático Motorizado (Cotam), sob o comando do sargento Silva, na Avenida Osório de Paiva, no bairro Siqueira (zona Sul da Capital). Os policiais da viatura CT-40841 faziam patrulhamento naquele setor da cidade quando se depararam com um carro com placas clonadas.

Ao perceber que seria abordado pela Polícia, o motorista tentou fugir, mas foi seguido e acabou detido com um veículo modelo Renault, prata, com as placas clonadas OSR-2173 (CE). No automóvel, a Polícia encontrou uma pistola, munições e telefones celulares, os apetrechos do crime.

Investigação

A Polícia também descobriu que o suspeito é ligado aos assaltos a bancos e carros-fortes na Paraíba e, possivelmente, também em Fortaleza.

Heverton chegou a declinar o nome de um comparsa no Ceará e que, provavelmente, foi o homem que o contratou para o “serviço sujo” em Fortaleza. Trata-se do seqüestrador, assaltante de bancos e carros-fortes, traficante de drogas e latrocida, Francisco Márcio Teixeira Perdigão, que, no ano passado, foi capturado numa operação de policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado (Draco), no bairro Bom Jardim. Na ocasião, Márcio Perdigão estava armado com um fuzil AK-47, além de uma pistola.

FONTE: Blog do Fernando Ribero - 16/10/18 - 11h52min.

TNF: Terça-feira, 16/10/18 - 14h30min.

 




 

RADIOFONIA:

NOTA DE REPÚDIO:

 

 




 

SINDICATO DOS RADIALISTA ENVIA OFÍCIO AS EMISSORAS DE RÁDIO

TELEVISÃO DO ESTADO:

 FONTE: SINDRADIOCE




 

 CONTRA AS DROGAS: 

SPD assina acordo de cooperação com associação e 93

prefeituras cearenses.

 

Pactuação aprimora atendimento a crianças e adolescentes e consolida 

política sobre drogas.

 

Pautando a consolidação da política sobre drogas no Ceará, com forte articulação intersetorial para superação dos desafios da temática, o Governo do Estado, através da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), celebrou acordo de cooperação com a Associação dos Conselheiros, Ex-conselheiros tutelares e suplentes do Estado do Ceará (Acontesce) e 93 prefeituras municipais. O objetivo é a efetivação do Projeto Sala de Atendimento. 

A iniciativa contemplará 100 conselhos tutelares com kit de bens móveis, contendo um computador desktop, uma impressora multifuncional, um birô, uma cadeira executiva, duas cadeiras para atendimento e um aparelho de ar-condicionado. A ideia é aprimorar as ações de acompanhamento e monitoramento no que tange aos direitos da criança e do adolescente nas diversas localidades. O desembolso do Estado para a aquisição dos bens gira em torno de R$ 1 milhão.

O anúncio dos municípios contemplados, bem como a assinatura dos termos de cooperação, aconteceu na tarde da quinta-feira, 16, na Escola Estadual de Educação Profissional Salaberga Torquato, em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O espaço abrigou o primeiro dia de atividades do Encontro Estadual de Conselheiros Tutelares, Suplentes, Ex-conselheiros Tutelares, membros dos executivos municipais, CMDCA´s e demais órgãos e entidades do Sistema de Garantia de Direitos. 

“Aproveitamos o evento para fazer o anúncio aos conselheiros tutelares, diretamente beneficiados com a iniciativa do Governo do Estado”, disse a secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra Câncio. A titular da SPD assinou os termos de cooperação juntamente com prefeitos de municípios a serem contemplados com o kit de bens móveis e com o presidente da Acontesce, Eulógio Alves de Melo Neto.

O Projeto Sala de Atendimento foi criado pela Acontesce a partir de diagnóstico feito em visitas realizadas em todos os conselhos tutelares dos 184 municípios do Estado do Ceará, que apresentaram estrutura precária para o acolhimento. “A proposta foi abraçada pelo Governo do Estado. A ideia é equipar, num primeiro momento, 100 conselhos tutelares para que possam oferecer um atendimento de qualidade à população”, ressaltou a secretária.

O presidente Eulógio Alves destacou o fato de a boa notícia para os conselheiros ter sido anunciada num importante encontro da categoria e quase na véspera do Dia Nacional do Conselheiro Tutelar, comemorado no dia 18 de novembro. O gestor informou, ainda, que os demais municípios cearenses serão contemplados posteriormente com o projeto.

Os prefeitos presentes ao evento em Maranguape elogiaram a iniciativa do Governo, através da SPD. O prefeito de Piquet Carneiro, Bismarck Bezerra, agradeceu o apoio ao município com o repasse do kit de bens para uso pelo conselho tutelar. A prefeita de Alto Santo, Iris Gadelha, enfatizou a parceria com o Governo para o atendimento aos vulneráveis, enquanto o prefeito de Mauriti, Josevan Leite de Oliveira, acredita que os bens móveis repassados aos conselhos tutelares vão contribuir, fortemente, para o aprimoramento do trabalho diário nas diversas localidades em prol das crianças e adolescentes.

 FONTE: Portal do Governo - 17/11/17




 

 

Domingos Neto encaminha ofício a Temer e pede intervenção federal

no Ceará: 

O apelo do deputado federal decorre da situação de violência insustentável em que

Ceará se encontra. 

CRÉDITOS: Ceará News 7
 O deputado federal Domingos Neto (PSD) encaminhou ofício nesta terça-feira (14) ao presidente da Republica, Michel Temer, e ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, solicitando intervenção federal no Estado, especialmente em Fortaleza. O apelo do deputado federal decorre a  situação de violência em que o Ceará se encontra se tornando insustentável. 
“A violência se generalizou. Nós cidadãos estamos em pânico com as imagens de descontrole total da violência.  Os arrastões, assaltos e assassinatos estão ocorrendo sob a repugnante leniência e inoperância do Governo do Estado do Ceará. Como deputado federal, não posso me calar diante de tamanho absurdo”, explica Domingos Neto.

Na avaliação do parlamentar, diante da situação  de descontrole, a intervenção das forças federais, que inclui serviços de inteligência, vigilância e administração na segurança pública, pode resolver o problema. “Me entristeço em ver um dos principais destinos turísticos do país, nessa conjuntura. Ao mesmo tempo, tenho esperança que podemos contornar essa situação”, diz Domingos. 

TNF: Quinta-Feira, 15/11/17-19h25min.



MAIS DE 600 Kg. DE DROGAS SÃO APREENDIDOS EM

FORTALEZA E RM:

FONTE: Portal da Secretaria de Segurança Pública-

Fortaleza - CE, 14/08/2017 09h33min.05seg.

Aproximadamente 600 quilos de drogas foram apreendidos pela Polícia Civil, em duas ações desenvolvidas pela Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), nessa quinta-feira (10). Em um dos locais, onde foi apreendida a maior quantidade de entorpecentes, os policiais civis encontraram as drogas no forro da casa. No total, foram três pessoas presas. O resultado do trabalho policial foi divulgado em coletiva de imprensa, realizada nesta sexta-feira (11), na sede da delegacia especializada.

A maior quantidade de drogas foi apreendida com dois suspeitos, no bairro Bom Jardim, na Área Integrada de Segurança 02 (AIS 02). Após um trabalho de investigação acerca do recebimento e armazenamento de drogas, os profissionais de segurança diligenciaram até uma residência na Rua José Martins, onde estavam Francisco de Assis de Castro Braga (36) – com passagem pela Polícia por receptação; e Jeová da Silva (44) – sem antecedentes. Em um dos cômodos, foram encontrados vários tabletes de maconha, que totalizaram 256 quilos de maconha. Ao serem indagados, os suspeitos negaram que as drogas pertencessem a eles. Além disso, recusaram-se a informar quem de fato era proprietário do material ilícito. 

Foi então, que “Chico” disse a Polícia, que em outro imóvel, situado na Rua C, também no bairro Bom Jardim, era o ponto onde estava o restante dos entorpecentes. Diligenciando até lá, foram encontrados, no forro de um apartamento, mais 237 quilos de maconha. Ainda no local, foram encontrados 350 gramas de cocaína, 280 gramas de crack, 15 munições calibre 12 e duas balanças de precisão. Os dois foram conduzidos para a sede da DCTD, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munições de arma de fogo.  

O segundo caso ocorreu no bairro Piratininga, em Maracanaú (AIS 12), quando policiais civis da DCTD receberam uma denúncia anônima acerca de um homem suspeito de realizar o tráfico de drogas na região, e que também seria o responsável por distribuir os entorpecentes para outros traficantes. Após diligências, os profissionais de segurança prenderam Francisco Danilo Rodrigues da Silva (18) – conhecido por “Bidinho” e sem antecedentes. Em depoimento, ele confessou ser a pessoa contratada para realizar as entregas das drogas. Por meio de apurações, os policiais chegaram a uma vila de casas, na Rua Padre José Holanda do Vale, onde no interior de uma oficina, foram apreendidos em caixas, 85 quilos de maconha, 920 gramas de cocaína e 120 gramas de crack. De acordo com a delegada Patrícia Bezerra, titular da DCTD e que presidiu o inquérito policial, há indícios que no local funcionava um laboratório de drogas. 

No cômodo, foram encontradas ainda uma balança de precisão e uma prensa hidráulica. Por trás de portas de madeira, foram encontradas também ampolas contendo cloridrato de lidocaína, hypocaína e uma seringa de cutenox enoxaparina sódica, que seriam utilizadas para potencializar o efeito dos ilícitos. “Bidinho” foi conduzido para a DCTD, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. A Polícia Civil mantém as investigações no intuito de prender outras pessoas envolvidas no esquema criminoso. 

CRÉDITOS: Portal da Pasta

TNF: Segunda-Feira, 14/08/17-12h42min.-Manuel Pereira-Fortaleza-Ceará-Brasil

 




 

EPIDEMIA:

Ceará vive epidemia de Chikungunya com quase 60 mil casos confirmados: 

FONTE: Agencia Brasil - 24/07/2017 12h11min-SalvadorSayonara Moreno – 
O estado do Ceará vive uma epidemia de arboviroses (doenças transmitidas por mosquitos), sobretudo casos de chikungunya. A confirmação é da Secretaria de Saúde estadual que, no último boletim semanal, registrou a “ocorrência epidêmica de arboviroses, principalmente se consideradas as notificações de casos de chikungunya”. De acordo com os dados, o estado soma 58.957 casos da doença.
      

CRÉDITOS: Internet

 

Mais de 80% das cidades cearenses já registraram casos confirmados da doença, que levaram 51 pessoas à morte. As cidades de Acopiara, Beberibe, Caucaia, Maranguape, Morada Nova, Pacajus, Senador Pompeu e a capital Fortaleza concentram 40 óbitos por chikungunya.

Desde o início do ano, foram notificados 103 mil casos da doença, dos quais 57% foram confirmados (58.957). Segundo a Secretaria de Saúde do Ceará, a “tendência crescente” de notificações gerou uma taxa de incidência de 1.099 casos para cada 100 mil habitantes. As principais vítimas são pessoas do sexo feminino, entre 20 e 59 anos.

Dengue e Zika

Em relação à dengue, o Ceará registrou mais de 65 mil notificações em 2017. A secretaria identificou incidência acima do limite superior, chegando a 56 casos para cada 100 mil habitantes – maior pico do ano. Até o momento, 24,6% dos casos suspeitos foram confirmados, principalmente entre pessoas do sexo feminino e com idades entre 15 e 49 anos. A porcentagem equivale a pouco mais de 16 mil confirmações em todo o estado, entre os quais, 13 foram caracterizados como graves, levando 8 pessoas à morte.

O vírus Zika já foi confirmado em 432 pessoas, também incidindo preferencialmente em mulheres entre 15 e 49 anos. O número de notificações da doença em gestantes chegou a 941, no entanto apenas 44 fora confirmados por análises de laboratório, nas cidades de Fortaleza, Brejo Santo, Icó, Independência e Caucaia.

A atenção dos órgãos de saúde se intensifica em relação aos casos de Zika em gestantes, porque o vírus da doença é um dos responsáveis pela malformação de bebês durante a gestação. Após o nascimento, podem ser constatados casos de síndromes congênitas, como a microcefalia – malformação no crânio – hidranencefalia, Síndrome de Guillain-Barré, entre outras.

As três arboviroses são causadas por diferentes vírus transmitidos pelo mosquito Aedes aegypt, que se reproduz em água parada, inclusive em ambientes residenciais. Por isso, a recomendação é que as caixas de água estejam sempre tampadas e que objetos que acumulem água da chuva estejam cobertos ou virados para baixo.

Questionada sobre o motivo do aumento de casos de chikungunya no estado e sobre o que o governo estadual fará para lidar com o problema, a Secretaria de Saúde informou que vai divulgar nota sobre o assunto, mas não deu prazo.

Edição: Denise Griesinger
TN: Segunda-Feira, 24/07/17-17h02min.-Manuel Pereira-Fortaleza-Ceará-Brasil.

 




 

EMPREGABILIDADE: 

Ceará registra saldo positivo de empregos em junho: 

Em junho, o Ceará registrou uma expansão do emprego formal, de acordo com Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgado hoje, (17), pelo Ministério do Trabalho. O crescimento foi de 133 postos de trabalho, o equivalente à variação positiva de +0,01% em relação ao estoque do mês anterior. Esse resultado originou-se de 31.217 admissões e de 31.084 desligamentos. 

Durante o mês de junho, em relação aos setores, a elevação deveu-se aos resultados positivos da Agropecuária (246 postos), Comércio (149 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (134 postos). Em contrapartida, setores como a Indústria de Transformação (-282 postos), a Administração Pública (-87 postos) e Construção Civil (-59 postos), registraram saldos negativos.

 

O resultado interrompe uma trajetória de queda, que gerou  uma redução de 14.486 postos de trabalho, no acumulado do ano.

17.07.2017-18h17min.

Assessoria de Comunicação do IDT Ana Clara Braga - (85) 3101.550

 




 Integração anuncia R$ 40 milhões para obras de segurança hídrica no Ceará.

 

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, anunciou hoje (24) a liberação de R$ 40 milhões para obras e medidas de segurança hídrica no Ceará. O anúncio foi feito durante reunião com os senadores Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Tasso Jereissati (PSDB-CE), em Brasília.

Em vídeo publicado nas redes sociais de Jereissati, o ministro explica que os recursos, liberados por determinação do presidente Michel Temer, serão repassados ao governo do Ceará para obras que atendam à população de Fortaleza e dos 17 municípios da região metropolitana da capital.

“Isso se junta aos esforços de investimentos do governo federal com a transposição do São Francisco, com o Cinturão das Águas, com obras espalhadas pelo interior do estado, com adutoras de engate rápido. Tudo isso preocupado com a seca no Ceará”, diz o ministro no vídeo. A Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará disse que ainda não foi comunicada oficialmente sobre o repasse.

A liberação de recursos para garantir a segurança hídrica do estado, que passa pelo quinto ano seguido de seca, foi uma demanda apresentada pelo governador Camilo Santana em reunião com Barbalho na última terça-feira (22).

Santana tem alertado o governo federal sobre a possibilidade de colapso hídrico no Ceará e cobrado a conclusão do trecho do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco, que deve trazer água para o estado via Cinturão das Águas. 

O volume total dos 153 reservatórios monitorados pelo governo do Ceará soma atualmente apenas 7,4% da capacidade útil. Com população de 3,7 milhões de pessoas, a região metropolitana de Fortaleza já convive com uma redução de 20% da oferta de água. 

Além da região metropolitana, a maioria dos municípios cearenses também enfrenta dificuldades no acesso à água. Já chega a 150 o número de cidades com estado de emergência reconhecido pelo Ministério da Integração. No último dia 10, o governo federal liberou R$ 36,7 milhões para a montagem de adutoras para abastecer oito municípios cearenses. 

FONTE: Agência Brasil - 24/11/2016 21h38min.  -  Edição: Luana Lourenço

TN-Quinta-Feira, 24 de Novembro de 2016 - 22h05min. - Manuel Pereira




 

HSBC deve indenizar empresário que teve faturas cobradas em duplicidade: 

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) condenou o HSBC Bank Brasil S/A – Banco Múltiplo a pagar indenização moral no valor de R$ 10 mil para empresário que teve faturas cobradas em duplicidade. A instituição financeira deverá ainda restituir ao cliente os valores debitados de forma irregular da conta corrente.

De acordo com o relator do processo, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, “não pode ser considerada válida a autorização para utilização de saldo, crédito, ou aplicação para amortização ou liquidação para débito automático de faturas de cartão de crédito, uma vez que estava expressamente desautorizado o débito automático para o cartão e suas faturas apresentavam código de barras, o que só poderia levar a crer na necessidade de as mesmas serem pagas”.

Consta nos autos que, em março de 2009, o HSBC realizou a abertura de conta corrente no nome do empresário, com direito a dois cartões de crédito. Apesar de pagar pontualmente as faturas mensais dos cartões, a conta do cliente apresentou saldo negativo, por diversas vezes.

Em abril de 2011, o empresário solicitou o encerramento da conta em seu nome. Porém, a solicitação teve que ser feita por mais duas vezes, em novembro de 2011 e junho de 2012, pois os pedidos não eram atendidos. Em todas as tentativas, sempre constavam débitos que não eram realizados por ele, o que acarretou na inserção do nome dele no cadastro do Serasa.

Foi então que o cliente constatou que a negativação da conta corrente decorria de débito automático realizado todos os meses pelo banco para o pagamento da fatura. A ação ocorreria sem que houvesse autorização, pois os pagamentos eram realizados por meio de boleto.

Sentindo-se prejudicado, o empresário ajuizou ação contra a instituição financeira e o Serasa, requerendo a desconstituição do contrato e encerramento da conta corrente e declaração de inexistência do débito. Também pediu restituição em dobro dos valores debitados e indenização moral.

Em contestação, o HSBC afirmou que o pagamento repetido ou em duplicidade se deu por falta de atenção do cliente. Afirmou ainda que existia autorização contratual para o débito automático dos cartões mantidos pelo empresário. Já o Serasa alegou ilegitimidade passiva na ação, pois a responsabilidade de solicitar exclusões de dívidas ou de titulares dos cadastros é da instituição credora.

Ao analisar o caso, o Juízo da 24 ª Vara Cível de Fortaleza negou o pedido feito pelo empresário, afirmando que, no contrato firmado entre as partes, existe cláusula contratual que permite o débito das faturas dos cartões de crédito na conta do cliente.

Buscando a reforma da sentença, o empresário apelou da decisão (nº 0141893-80.2013.8.06.0001) no TJCE. Ele afirmou que o banco debitou valores sem autorização. Argumentou ainda que o débito indevido utilizava o limite do cheque especial, acarretando em cobrança de encargos.

Ao julgar a ação, nessa segunda-feira (11/07), a 3ª Câmara Cível reformou a decisão de 1º Grau, seguindo o voto do relator. Foi determinando o encerramento da conta corrente; e a declaração de inexistência de débito referente aos encargos cobrados nas faturas dos cartões de crédito.

Além disso, condenou a instituição a pagar indenização moral na quantia de R$ 10 mil. Também reparação moral no valor correspondente ao que foi descontado indevidamente, em razão da cobrança de encargos decorrentes do débito automático quando não havia saldo na conta.

Na mesma decisão, o colegiado excluiu a responsabilidade do Serasa, afirmando que cabe ao banco observar a regularidade da dívida, cabendo ao órgão enviar notificação ao devedor sobre o pedido de inscrição de seu nome no cadastro antes de efetivá-la.

De acordo com o desembargador relator, Abelardo Benevides, “no caso em tela, consideradas as circunstâncias que envolvem o caso concreto, entendo como adequado o valor de R$ 10.000,00”. 

FONTE: Site do TJCE